quarta-feira, 15 de abril de 2009

Bem mais q o tempo q nós perdemos, ficou pra trás tb o q nos juntou...

Pela primeira vez depois da criação deste blog vou fzr jus ao título, vou revogar sendo direta! Ngm lê isso msm...

Como pode um amor acabar assim? Ou pelo menos se desgastar do dia p noite, ou melhor da noite p dia, literalmente? Impossível, n dá pra acreditar, nem aceitar sem ficar imaginando o q aconteceu, qm apareceu, o q houve.. E isso dá margem a mts pensamentos, bons e ruins, e tb a mt sofrimento. Nossa, na noite q me foi anunciado ao término morri, fiquei mt mal... Mas nada cm boas palavras de mãe às 1:45hr p consolar alguém. E cm foi pedido, n liguei e n apareci até o presente momento. E qd apareci, de leve e apenas p negócios, n acreditei na naturalidade com q a situação foi tratada. Já tinha sido super difícil p eu aceitar aquela frieza disfarçada e forçada no dia do término, mas pelo telefone... Nossa, foi bem pior! Terrível eu diria...

Fico me consolando na idéia de q isso vai passar cm passou outras vzs, mas essas foram antes do namoro, daí volto a mim e vejo q essa é a minha realidade! Sofro c isso, mt, mas n me martirizo! Incrível, né... Pois é, tb acho! Mas isso é bom, deve ser por conta da distância, n sei, mas seja lá o q for isso me ajuda. N é nada fácil ter q ouvir, ou melhor, ler um 'aceite o término e ponto' da pessoa q se ama, c qm se planejou uma vida, com a qual 8 meses n foram só 8 meses, foram os melhores, os mais felizes, os mais intensos e mais amado. Tenho ctz q td mundo enxerga isso e nunca vai adiantar se esforçar p ver de uma maneira diferente. Afinal de contas essa idéia de q daria certo, a gnt faria dar certo me foi ofertada, n criada por mim! E eu aceitei de mt bom grado, msm às dadas circunstâncias.

Pode ser tb q n esteja sofrendo tanto pq n caiu a ficha, pode ser q eu realmente acredite q foi momentâneo e q ser for dado o tempo necessário vai passar, pode ser q eu só esteja tentando me acostumar a n ter qm chamar de xuxu, lindo ou amoreco e ngm p me dar bom dia flor do dia... Tô esperando p alguma coisa acontecer ou nada acontecer e o vazio passar... Esperando pacientemente p q eu melhore da dor surda e abafada pelo cotidiano q me invade qd vejo minhas amigas, qd volto a vida normal, mas q volta à mim qd chego em casa e vejo qq coisa q me remeta a ele. Td incrivelmente me leva à ele, n imaginava q ele estivesse arraigado tanto assim a minha vida, prova de q os 8 meses não foram só 8 meses mesmo.

Tento me consolar em qualquer idéia, ter raiva pelo q ele fez, desviar o pensamento... Já q ele disse q ia ser fácil esquecê-lo, tento fazer ser, achar um meio p q se torne. Ainda acredito q ele n mentiria p mim. Nunca! Ingênua? Boba por alimentar a idéia do homem da minha vida? Iludida? Pode até ser q sim, mas faria td de novo... Nunca fui tão feliz, nunca me senti tão amada, tão especial, tão linda... E de repente... Nada! Pode ser q tenha alguém... Mas se tiver, ou seja qual tenha sido o motivo, se for mesmo o fim, acho q prefiro não saber! Vai q tem alguém msm... Se souber agora, vai doer mais. P q? Como disse a minha mãe, n foi o primeiro e com ctz n será o último. Tanto q criticou q tb deixou a mágoa por conta da covardia, por n ter tido coragem de me encarar, de me ouvir, de fzr a decisão partir dos dois lados, por mais q soubesse q eu n ia concordar! Isso me foi imposto, e eu nunca esperei isso dele... Sempre conversávamos, se tinha problema entre a gnt, surgia as brigas, mas a gnt brigava tão pouco, daí talvez converssássemos sobre o assunto ou simplesmente passava por cima dele.

O q realmente me machuca é a naturalidade dele, a tranquilidade. Sempre soube q ele era bem menos sentimental do q eu apesar de ser mais temperamental. A gnt brigava e eu ficava mal enqt ele esperava a raiva passar, se tivesse ficado c raiva. Às vzs eu tb escolhia n me aborrecer mas aí a gnt acabava n brigando...
Brigávamos tão pouco msm e por cada coisa q nem era motivo de verdade, brigas de raiva passageira... Nos entendíamos mt bem, podia teh ser q a gnt n pensasse tão parecido assim, mas a sintonia era a msm! Acedito nessas coisas d estar na msm frequência, e a nossa com ctz era a msm, ou mt próxima!

Pode até ser q soe brega, mas eu quis lutar pelo meu amor... E tentei mas n tive nem chance! Cm já falei, a decisão me foi anunciada e imposta. Mas se dizem q passa e eu msm já passei por uma parecida, n é possível q vá durar uma eternidade cm tá parecendo... É mt difícil n pensar, é tão especial, tanto amor q ainda tenho q n tem cm... Acho um saco qd me dzm q nada dura p sempre, claro q dura, pode durar... Ainda existem uniões p vida td, raras mas existem. Eu realmente acreditei q era uma dessas, meu Deus ngm namora pensando no fim, mt menos um assim cm esse.. Tanta gnt q namora do msm jeito e dá certo, casa e fica o resto da vida junto, pq cmg n ia ser? Acreditei msm, e vou acreditar qts vzs for, assumo q sou romântica, acredito no amor. Por mais q doa... Ainda vou continuar acreditando nesse por um tempo, depois ele adormece ou morre. E aí um dia vou acreditar em outro, e se n for... Queria continuar nesse!

Ainda acho inaceitável a idéia, gnt eu tinha data (quase) marcada p voltar, sob concordância dele. Meh q pode??
Ai, mas já chega, parei de me questionar. Vou p colo da minha mãe, renovar as minhas energias e ctz vou ficar melhor qd voltar! Ai fica um pouco menos difícil...

;)
=*

2 comentários:

Marcia disse...

Isso mesmo amiga!!
Vá ficar com a mamãe..recuperar-se..que muita coisa a espera.!

começando por uma prova de OP2..hehehehehehhe.. mas besteira.!!
depois quem sabe uma noite no BExiga!! clube da Lulu.. Doooro!!

BJu..
Te adorooo..
Fica bem.

Preta! disse...

=DDD
Adorei a parte do depois...
Adoro essas minhas amigas c idéias legais!!!

Amoo!!!

=*